Categorias





KIT QUEBRA PEDRA

KIT QUEBRA PEDRA
Código do produto: KT1001
Disponibilidade: Em stock
Preço: 44,99 €
Qtd:  Comprar
   - OU -   
  

KIT QUEBRA PEDRA - OXALATOS DE CÁLCIO

 

Este kit extremamente eficaz e com provas dadas, composto por Vitamina K2, Vitamina D3 e

citrato de magnésio, faz com que as pedras dos rins (depósitos de oxalatos de cálcio)

ou presentes noutros tecidos moles, sejam "arrancados" e direccionados

para a matriz óssea, pela acção da Vitamina k2. Posteriormente estes

depósitos de cálcio são"colados" aos ossos através da acção da Vitamina D3

em conjunto com o citrato de Magnésio. Os minerais na forma de citrato,

são duas vezes e meia mais rápidamente absorvidos, que na forma de carbonato.

 

 

Apresentação:

Kit composto por:

Vitamina K2, embalagem com 60 cápsulas.

Vitamina D3 líquida, frasco com 30 ml.

Citrato de magnésio em pó, pote com 200 g.

 

 

Composição:

Magnésio:

Citrato de magnésio ............................. 100%

Indicado para vegans e vegetarianos.

Vitamina K2:

Menaquinona 7 | Vitamina K2 ........................... 90µg

 

Fabricado segundo norma GMP e ISO 22000:2005

 

Vitamina D3:

Por 1ml:
Vitamina D3 (colecalciferol) - 5000UI

 

Conselhos de utilização:

Magnésio:

Diluir 3 vezes ao dia uma colher de medição (1 g) dissolvida em 250 ml de água mineral sem gás. Para uma melhor solubilidade, recomendamos o uso de água morna.

Vitamina K2:

Tomar 1 ou 2 cápsulas por dia, preferencialmente em jejum ou após o pequeno almoço.

Vitamina D3:

Tomar 1,0 ml (5000 UI) por dia, de preferência a uma refeição. Pode ser misturado com a sua bebida preferida ou consumido diretamente.

Informação complementar:

Nos últimos anos temos encontrado cada vez mais evidências científicas sobre os benefícios da vitamina D.

Os seus benefícios são extraordinários ao ponto de transformá-la na vitamina mais importante da década.

Porém, agora começam a surgir evidencias de que outra vitamina tem recebido as luzes das pesquisas como 

sendo o nutriente perdido no combate desde a osteoporose até a doença cardíaca. Este nutriente tão 

importante é a vitamina K2, que tem vindo a ser considerada uma importante potencializadora da vitamina D 

quando usadas de forma combinada. Muitas das pesquisas têm-se focado na interação entre a vitamina K2 e a 

vitamina D3particularmente em termos de fortalecimento ósseo e saúde cardiovascular.

De acordo com Dr. Cees Vermeer, um dos maiores pesquisadores em vitamina K, quase todas as pessoas 

são deficientes desta vitamina, assim como da vitamina D.

A vitamina K2 que absorvemos da alimentação pode até ser suficiente para manter uma coagulação sanguínea 

adequada, porém não é o bastante para garantir a proteção contra:

  • Osteoporose;
  • Doença cardiovascular;
  • Varizes;
  • Cancro de pulmão, próstata e fígado;
  • Demência e outros problemas cerebrais;
  • Doenças infecciosas;
  • Cáries;
  • e muitas outras.

Combinação vitamina D3 e vitamina K2

Já não é novidade que a vitamina D desempenha um importante papel na absorção de cálcio promovendo 

uma melhora significativa nos ossos. Porém, as novas evidências indicam que é a vitamina K2 quem direciona 

o cálcio para ser absorvido pelo esqueleto, evitando que esse cálcio se deposite em locais inapropriados, tais 

como nas articulações (artroses), nas artérias (aterosclerose) e nos órgãos (cálculo vesicular, cálculo renal, 

catarata, etc...).

A vitamina K2 ativa uma proteína chamada osteocalcina, produzida pelos osteoblastos, que por sua vez é 

necessária para a assimilação do cálcio na matriz óssea. A osteocalcina evita ainda que o cálcio se deposite 

nas artérias. É evidente a importância da vitamina K2 para o nosso organismo, pois sem ela a ação da Vit. D 

poderia causar depósitos de cálcio nas artérias ao invés de penetrar nos ossos.

Outros dados importantes:

1- Em 2004, o estudo Rotterdam foi o primeiro a demonstrar o efeito da vitamina Kno aumento da longevidade 

das pessoas. As pessoas que tiveram uma alta ingestão de vitamina Ktiveram 50% menos risco de morte por 

doença coronária e menos calcificações das artérias do que as pessoas que tiveram pouca ingestão dessa 

vitamina.

2- Num estudo subsequente com 16 mil pessoas seguidas por 10 anos, os pesquisadores observaram que cada 

10mcg adicionais de vitamina Krepresentavam uma significativa redução de 9% em eventos cardíacos.

3- Estudos feitos com animais mostraram que vitamina Knão só previne o endurecimento das artérias, como 

também pode reverter a calcificação de artérias altamente calcificadas pela ativação do MGP.

4- Pessoas com calcificações severas tinham alta percentagem de osteocalcina inativa, o que indica uma 

deficiência geral de vitamina K2.

Se está a fazer uso de suplementação de cálcio e vitamina D, mas está com deficiência de vitamina K2,

pode estar a piorar a situação, de acordo com um recente estudo que relacionou a ingestão de cálcio 

aos ataques cardíacos.

Nesse estudo observou-se que os indivíduos que estavam a ingerir suplementos de cálcio estavam mais 

propensos a terem ataques cardíacos. 

Nessa metanálise observou-se ainda que os indivíduos que ingeriram somente cálcio quando comparados com 

outros que ingeriram além do cálcio o magnésio, a vitamina D e vitamina K2, podiam apresentar efeitos adversos 

como a formação de placas de arteriosclerose nas artérias coronarianas causando os ataques cardíacos.

Portanto, se vai tomar cálcio, deve equilibrá-lo com vitamina D3 e vitamina K2.

O mito do cálcio:

Países com a maior taxa de consumo de cálcio, como por exemplo, os Estados Unidos, o Canadá e a 

Escandinávia, apresentam as maiores incidências de osteoporose. Esse é o chamado paradoxo do cálcio.

Isto acontece porque se consome cálcio de forma errada sem levar em consideração a necessidade da

vitamina K2que é responsável, como vimos anteriormente, por direcionar o cálcio para os lugares corretos. 

Caso isso não aconteça, esse cálcio acaba por ir para as artérias, rins, vesícula, articulações ou olhos, 

gerando problemas como arteriosclerose, cálculos, artroses e cataratas.

 

 

ATENÇÃO: Não deve ser usado em mulheres grávidas ou em período de aleitamento. Este suplemento não deve ser utilizado como substituto de um regime alimentar variado e equilibrado e um modo de vida saudável. Não recomendado em caso de hipersensibilidade ou alergia a qualquer um dos constituintes da formulação. Manter fora do alcance das crianças.

Comentar

Nome:


Comentário: Obs: HTML não suportado!

Avaliação: Mau            Bom

Digite o código exibido na imagem:




       
Plantaguia de Maria Goretti Fernandes Gonçalves Duarte | NIF: 120 215 578
Planta Guia - Produtos Naturais e Dietética © 2018
webdesign by criativo.net